sexta-feira, julho 21, 2006


Bom dia!
Bom, depois de postar uma foto noturna do MAC, volto a postar outra noturna, só que agora da orla da praia das flechas, em Niterói. A rua fica exibe uma iluminação bem interessante à noite, com uns tons dourados, e isso constitui um motivo interessante para fotografar.
Como havia dito na postagem anterior, quando fazemos fotos com exposição longa, a foto só sai nítida se a câmera se manter estática durante a exposição. Bom, até aí tudo bem. Mas o que acontece se os elementos da foto se mexerem??? Nesse caso, esses elementos vão sair borrados, em contraste com os elementos estáticos da foto - em geral, o cenário. Isso é claramente visível na foto que posto agora. Repare na rua que margeia a praia: há uma linha luminosa que corta a foto de lado a lado. Essa linha na verdade são os faróis dos carros que passavam enquanto a exposição era feita. Já o mar, por se manter em constante movimento, assume uma forma parecida com uma neblina. Esses efeitos podem ser indesejáveis dependendo do tipo de foto que você for fazer, mas também podem criar atmosferas interessantes para seus registros. Como essa foto era experimental - e eu não dispunha de um tripé de verdade, nem de uma lente grande angular, eu não me prendi muito à composição propriamente dita, mas sim nos efeitos que conseguiria com o efeito de "arraste" dos faróis dos carros e do movimento do mar.

Um comentário:

L�via disse...

Realmente você leva jeito, Rodrifo!!
Eu tô querendo muito fazer um curso de fotografia, já que a faculdade de Comunicação Social pede esse tipo de conhecimento.
Esse semestre vou ter Introdução à Fotografia. Quem sabe posso pegar umas dicas com você?
Beijos